Pé-direito duplo: o que é?

Quanto mais espaço melhor, não é mesmo? Quem ama iluminação natural, amplitude e design, guarda a arquitetura do pé-direito duplo dentro do coração! O pé direito de uma casa se refere à altura entre o piso e o teto, já o termo “pé-direito duplo” significa que essa altura é duas vezes o tamanho da tradicional.

Pé-direito duplo ou pé-direito alto?

E não confunda pé-direito duplo com pé-direito alto, são coisas diferentes.O pé-direito duplo precisa ter duas vezes a altura padrão de uma casa. O pé direito alto é a altura entre o piso e o teto valendo a partir dos três metros.

Mas voltando a falar do pé-direito duplo, ele garante aquela sensação de amplitude e de um projeto de decoração exclusivo. Ambientes com pé-direito duplo tendem a ser mais confortáveis também, já que são mais arejados e melhor iluminados.

Esse recurso arquitetônico combina muito com ambientes integrados, com mezaninos e com escadas abertas. As casas com pé-direito duplo contam com uma enorme variedade de opções decorativas, desde lustres incríveis a lareiras, plantas de grande porte e até cercados de vidro para o segundo andar.

E não é porque a arquitetura do pé-direito duplo fica linda combinada com escadas e mezaninos que as casas precisam ter mais de um andar. Casas térreas também podem receber essa opção e ficam magníficas.

O que é pé direito?

Pé direito corresponde à altura do chão ao teto de um determinado cômodo. Normalmente, o pé direito costuma ter entre 2,70 e 2,80m. Assim, o pé direito duplo possui o dobro da altura do pé direito, podendo variar de 5 a 8m de altura.

O pé direito é o responsável por ditar determinadas características da sua casa, como a temperatura dos cômodos e a amplitude da residência, por exemplo.

As vantagens do pé direito duplo

O pé direito duplo fornece mais conforto aos ambientes que o possuem, já que proporciona maior iluminação e os cômodos são mais arejados. Além disso, o uso do pé direito duplo proporciona um design único e especial, trazendo uma beleza inigualável à residência.

Ele proporciona uma melhor comunicação visual com a paisagem externa e uma maior circulação de ar nos ambientes. Ainda, é muito fácil potencializar a decoração da sua casa quando se tem um pé direito duplo. Ele combina com ambientes integrados, mezaninos e escadas abertas, e o uso de grandes janelas, lareiras, lustres e plantas são ótimas opções para tornar a residência cada vez mais imponente.

As desvantagens do pé direito duplo

Apesar de todas essas vantagens, é evidente que o pé direito duplo também apresenta desvantagens. A construção de uma residência com esse recurso arquitetônico acarretará em um valor elevado, já que são usados mais materiais e mão de obra, e o projeto estrutural deve ser mais complexo, pois a estrutura deve ser bem reforçada.

Ainda, a manutenção e limpeza das janelas deve ser feita com ajuda de empresas especializadas e isso pode pesar um pouco no seu bolso. Durante o inverno, a amplitude do espaço também não favorece o conforto térmico, já que os ambientes costumam ser mais frios. Entretanto, tais desvantagens não são tão difíceis de serem solucionadas e, por isso, as vantagens desse recurso arquitetônico se sobrepõem na hora da escolha.

Uma excelente solução para quem quer uma residência com uma estética incrível.

E aí, gostou desse recurso? Quer um pé direito duplo na sua casa?   

Visite nossos sites

Em conclusão, confira mais das nossas obras e projetos, e inspire-se. Tudo o que precisa para realizar o seu sonho de construção e reforma.

CONSULTE

Confira nossos perfis na mídia:

Site Oficial: www.cimientosconstrutora.com.br

Instagram: https://www.instagram.com/cimientos_construtora/

Facebook: https://www.facebook.com/cimientos.construtoranatal/