Casa na praia

As melhores dicas para construções na praia

Quando falamos em sonhos, muitas pessoas citam uma bela casa de praia para descansar e aproveitar o clima quente.

Mas quando olhamos para os aspectos técnicos do projeto, não é incomum que ele vire um pesadelo.

Então, o arquiteto deve estar atento à escolha dos materiais e outros detalhes.

Um projeto de casa de praia exige alguns cuidados com as escolhas de materiais.

Devido a localização, esse tipo de imóvel corre mais risco de sofrer com problemas como umidade, oxidação acelerada dos metais e degradação de objetos devido a incidência de luz solar.

Diante desse contexto, o arquiteto precisa orientar o cliente sobre a necessidade do investimento em materiais impermeabilizantes ou especiais para casa de praia.

Além disso, o profissional deve alertar o morador sobre a frequência de manutenção da casa de praia.

Cuidados essenciais no planejamento da sua casa na praia

Antes de planejar a compra ou construção desse tipo de imóvel, é fundamental estar atento aos padrões de qualidade, conforto e praticidade que as construções no litoral exigem.

Isso porque as condições climáticas litorâneas envolvem uma série de fatores naturais — como umidade, vapores, maresia e chuvas ácidas — que podem desencadear problemas na estrutura dos imóveis. E você não quer ter dor de cabeça com isso, certo?

Afinal, praia é sinônimo de descanso! Então, para que você possa curtir o litoral sem estresse ou prejuízos, acompanhe este post com os oito cuidados necessários ao planejar a moradia. Depois, é só dar boas-vindas ao sol!

1. Evite materiais que acumulam ferrugem

Ao escolher revestimentos e demais acabamentos para a sua casa de praia, evite estruturas, móveis ou quaisquer outros objetos de ferro. Esse tipo de material oxida com muita facilidade, principalmente quando colocado em áreas externas, como varandas ou decks.

Concreto, fibras naturais ou sintéticas, inox e alumínio são materiais resistentes à maresia e, por isso, saem na frente nos quesitos durabilidade, manutenção e conservação. Para um visual mais rústico, a madeira de demolição é uma ótima pedida, mas certifique-se de que ela recebeu o tratamento adequado de impermeabilização.

2. Utilize concreto menos permeável

Em construções litorâneas, é essencial utilizar concreto menos permeável (de menor absorção) para suportar as intempéries climáticas da natureza. Essa é a forma mais eficaz de prevenir rachaduras, trincas e corrosões ao longo da fachada, sobretudo nas que estão voltadas diretamente aos ventos que vêm do mar.

Casa de praia em projeto do arquiteto Thiago Bernardes.

3. Aplique aditivos plastificantes

Hoje em dia, existem várias tecnologias que podemos utilizar a nosso favor na hora de planejar a construção de imóveis, especialmente em áreas com condições climáticas desfavoráveis.

No caso dos aditivos plastificantes, eles funcionam como compostos orgânicos que, quando aplicados em concretos e argamassas, revestem os grãos de cimento de modo a tornar o material menos poroso.

4. Verifique a elevação do local

Ter uma casa bem à beira da praia é mesmo um sonho! Mas saiba que, quanto mais próximo ao mar, mais o imóvel sofrerá com as intempéries. Por isso, considere a elevação do local antes de comprar ou construir, pois, conforme a situação do terreno, poderá ser necessária uma elevação de 30 centímetros ou até mesmo de um metro.

5. Favoreça a ventilação no ambiente

Já que o ambiente praiano é constantemente úmido, a boa ventilação também é um cuidado essencial a fim de manter a casa fresca. Por isso, instale janelas amplas e com venezianas, que também são aliadas de outro quesito indispensável: a iluminação natural.

Para impedir a formação de mofo, evite sobrecarregar as paredes com o mobiliário. Nesse caso, uma boa dica é deixar frestas entre os móveis e as paredes, favorecendo a circulação do ar.

6. Faça uma casa de praia suspensa

Os terrenos na praia, muitas vezes, são acidentados e têm muitos declives.

Uma forma de solucionar esse problema é construindo uma casa de praia suspensa.

Além de deixar o imóvel mais estiloso e ganhar espaço no terreno, cria-se uma vista ainda mais bonita da região.

7. Aproveite a transparência do vidro

Quando falamos de projetos arquitetônicos de casa de praia, o vidro aparece com destaque.

Ninguém quer ir para um lugar lindo e não aproveitar a paisagem a todo o momento, não é mesmo?

Por isso, uma dica é incluir no projeto de casa de praia portas de vidro que podem ser de abrir, de correr ou pivotantes

8. Ofereça conforto e praticidade no piso

Nesse tipo de projeto, a ideia é oferecer um ambiente aconchegante e confortável em que o cliente possa ficar à vontade.

Por esse motivo, projetos de casa de praia de madeira fazem tanto sucesso.

Apesar de bonito, o piso de madeira natural pode aquecer a casa de praia, causando desconforto térmico. Além disso, devido a incidência do sol, pode ocorrer o desbotamento da cor.

Uma forma de evitar esse problema é usar um selante específico. Além do piso de madeira natural, o piso cerâmico também pode ser uma boa opção para casa de praia.

Em conclusão

E lembre-se: tão importante quanto acertar na escolha dos revestimentos e estruturas adequadas para construções no litoral, é fazer uma manutenção preventiva regularmente na casa, verificando todas as instalações elétricas e hidráulicas. Assim, você evita surpresas desagradáveis e poderá curtir em paz a maresia!

Então, agora que ja sabe dos cuidados de uma casa na praia descubra como juntos podemos criar um projeto de sucesso para você e a sua familia! 

Em conclusão, confira mais das nossas obras e projetos, e inspire-se. Tudo o que precisa para realizar o seu sonho de construção e reforma.

Confira nossos perfis na mídia:

Site Oficial: www.cimientosconstrutora.com.br

Instagram: https://www.instagram.com/cimientos_construtora/

Facebook: https://www.facebook.com/cimientos.construtoranatal/